Burle Marx: Gênio brasileiro

Por Camila Rodrigues

Roberto Burle Marx é um nome conhecido para você? Se não, saiba que ele é considerado um dos maiores artistas brasileiros quando o assunto é planejamento e arquitetura de jardins. Hoje, dia em que o paisagista faria 102 anos, várias são as homenagens a este artista completo. O Mudo Minha Casa relembra Marx que também era desenhista, pintor, escultor, musicista, cenógrafo e figurinista.

Nascido no dia 04 de agosto de 1909, Roberto Burle Marx herdou da mãe o amor pela música e pelas plantas. Cresceu acompanhando os cuidados dados ao jardim de sua casa e admirando a germinação das sementes.

No final da década de 1920, foi para a Alemanha estudar pintura e música. Tornou-se frequentador assíduo do Jardim Botânico de Berlim e ali descobriu muitas espécies de plantas tropicais e da flora brasileira. Posteriormente, voltou ao Rio de Janeiro e entrou para a Escola de Belas Artes. Os jardins planejados por Burle Marx eram comparados a pinturas abstratas, alguns bem curvilíneos, outros de linhas retas, usando plantas nativas brasileiras para criar blocos de cor.

Burle Marx criou todo o projeto paisagístico que deu identidade à capital mineira. As obras do artista estão em vários pontos de Belo Horizonte, como no Complexo Arquitetônico da Pampulha e Parque das Mangabeiras.

 (Museu de Arte da Pampulha)

Também assina o paisagismo do  Museu de Arte Moderna  (RJ), Eixo Monumental de Brasília, Parque Ibirapuera (SP), Largo do Machado (RJ) e de inúmeros projetos no exterior.

 (Eixo Monumental de Brasília)

O “estilo Burle Marx” de criar projetos paisagísticos ficou conhecido em todo o mundo e agora está no Mudo Minha Casa. Fizemos um adesivo decorarativo homenageando uma de suas obras mais conhecidas. Poucos sabem, mas o Calçadão da Praia de Copacabana foi criado pelo artista.

(clique para ampliar)

Este adesivo vai fazer com que você tenha uma obra de arte em casa!

Anúncios