Abrindo o apetite: aprenda a decorar sua sala de jantar

Por Ana Paula Marques

O adesivo Essência está disponível no Mudo Minha Casa

As construções atuais, sobretudo os apartamentos, demandam alta capacidade de administração de espaço. Os cômodos, cada vez menores, não raramente passam a se integrar a outros ambientes, e um dos espaços que é possível perceber essa tendência com maior clareza é a sala de jantar. Antes de tudo, é preciso esquecer a ideia de que o ambiente das refeições deve ser um lugar sério, sóbrio e formal. A sala de jantar nada mais é do que um ambiente de convívio e, para isso, é preciso que o espaço seja aconchegante e atraente.

Na hora de decorar, o morador deve pensar no tipo de cômodo que quer e precisa. É necessário casar a cara do ambiente com o perfil do morador. A família é grande e pede uma sala espaçosa? É um jovem casal que precisa de praticidade? O espaço é pequeno e deve ser multifuncional?

A mesa

Não importa o morador ou o espaço disponível, em toda sala de jantar a grande protagonista é a mesa. Por isso, tome cuidado para que certos detalhes não passem despercebidos. O material do qual o móvel será feito deve ser cuidadosamente escolhido, a fim de permitir melhor conservação e combinação.

Se a pessoa faz questão de praticidade e não quer perder tempo na conservação do ambiente, o ideal é optar por uma mesa de vidro. Antes de tudo, vale lembrar que esse material é muito indicado para cômodos em que o espaço é limitado, como já comentamos aqui no blog. O reflexo passa a impressão de que o ambiente é maior do que de fato é, e o vidro é fácil de limpar. Além disso, com a estrutura adequada, a mesa pode deixar o espaço mais descolado.

O adesivo Bambu é um dos xodós do Mudo Minha Casa

O formato do móvel também ajuda a definir o ar do ambiente. Os modelos redondos suavizam as salas mais rígidas e facilitam as conversas. Já as mesas compridas são ideais para ambientes retangulares.

O adesivo Recanto das Borboletas leva graciosidade a qualquer ambiente

As cadeiras

Ninguém coloca uma mesa desacompanhada na sala de jantar, e é por isso que é preciso dar um carinho especial às coadjuvantes de ouro do cômodo, as cadeiras. A madeira ainda tem o seu lugar, principalmente se for madeira de demolição, e pode dar um toque rústico ao espaço. Se você gosta dos assentos estampados, aproveite o momento.  As estampas floridas estão em alta, trazendo aos ambientes uma releitura romântica, conforme podemos conferir no vídeo abaixo. Todos os modelos foram exibidos na Feira Mineira de Móveis e Decoração, que aconteceu entre os dias 6 e 12 de setembro, no Minascentro, em Belo Horizonte.

Independente do modelo de cadeira que você escolher, é preciso prestar atenção no espaço que você tem disponível. Ninguém gosta de ficar apertado entre a parede e a mesa. Conforto é indispensável para uma refeição agradável.

Caso você queira fugir do tradicional e dar um aspecto mais aconchegante à sua sala de jantar, que tal trocar as cadeiras por pequenos sofás? Ou ainda, use cadeiras de um lado da mesa e um sofá do outro. Assim, quando acabar o almoço, é só afastar a mesa e saborear um café. O sofá em U aproveita bem o espaço.

Ambiente integrado

Como foi citado no começo do post, a maioria absoluta das novas construções no Brasil sofrem com a falta de espaço. Uma das soluções apontadas para esse problema é a integração da sala de jantar com outro ambiente, geralmente a cozinha ou a sala de estar. Diferenciar um cômodo do outro é essencial para a harmonia do espaço. Para isso, você pode fazer uso de portinholas, cortinas ou um móvel de grandes dimensões. Em muitos casos, usar tapetes diferentes em cada um dos ambientes pode ser o suficiente.

E o resto da decoração?

Não podemos nos esquecer, entretanto, que a sala de jantar não se limita à mesa e às cadeiras. Para ter um ambiente vistoso e agradável, é preciso investir em outros elementos decorativos. Alguns móveis de apoio podem ser utilizados no cômodo, a fim de compor o espaço. Os preferidos entre os brasileiros são o aparador e a cristaleira. Ambos podem servir para armazenar pratos, copos e talheres, por exemplo, o que os torna, mais do que decorativos, funcionais.

O destaque do ambiente fica por conta das cristaleiras e do adesivo Casa das Borboletas, do Mudo Minha Casa

É importante lembrarmos que, por ser um cômodo de finalidade prática, seja a refeição ou o convívio, a sala de jantar não deve ser preenchida com bibelôs e badulaques. A decoração deve ser objetiva e bem escolhida. Vale a máxima: menos é mais. As paredes podem ser o diferencial do ambiente. Use e abuse de adesivos decorativos. Eles podem ser trocados com a frequência ideal para cada lar e personalizam o espaço. Quadros neutros também são bem-vindos, sobretudo no tamanho médio. Aproveite a tendência, em alta nas estampas, e coloque flores no centro da mesa. Evite arranjos volumosos. Dê preferência a orquídeas, que ocupam pouco espaço e são um presente para os olhos.

Na hora de decorar, seja o ambiente que for, só uma regra é absoluta. A melhor escolha é o Mudo Minha Casa!

Anúncios